nsdfjk Leite - Tudo o que precisa saber

Leite – Tudo o que precisa saber

O leite está presente na alimentação da maior parte das pessoas. Seja no leite com chocolate, nos cereais ou até em produtos derivados, o leite é bastante importante, mas existem bastantes coisas que você poderá desconhecer sobre o mesmo. Quando falamos em leite estamos a referir-nos ao leite de vaca, razão pela qual o outro leite se escreve como: leite de cabra, leite de ovelha e aí por diante. Assim como se for leite extraído a partir de soja, também não pode ser considerado leite.

Se procura conhecer os tipos de leite ou a dose recomendada de leite por dia, assim como outras informações, este artigo é essencial porque tem tudo o que precisa saber sobre o leite.

leite - tudo o que precisa saber

Tipos de leite por teor de gordura

  • Leite magro – O leite magro é sobretudo recomendado como produto para dieta e destina-se, na maioria dos casos, a pessoas que tenham níveis altos de gordura no sangue ou a problemas com problemas de obesidade;
  • Leite meio gordo – O leite meio gordo é o mais consumido e destina-se a todas as pessoas adultas. Tem 1,5 a 2% de gordura;
  • Leite Gordo –  Destina-se a crianças, adolescentes e grávidas, tendo em conta que o leite magro é deficiente em vitamina A e D, embora sejam idênticos em termos de proteínas e cálcio.

tipos de leite

O leite é uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico e baratas se comparadas com a carne ou peixe. É também rico em cálcio, assim como vitamina B2 e A.

Problemas de intolerância com o leite, geralmente surgem com o mau funcionamento da vesícula ou por falta de lactase.

intolerância à lactose

Leite UHT

Este é o leite mais usado e o que se vê à venda geralmente em embalagens de cartão, embora agora existem algumas alternativas, como o novo estilo garrafa / garrafão. Este leite data de 1960, quando foi inventado por uma marca sueca. No seu processo de tratamento, este é homogeneizado, onde a gordura é rebentada, de modo a que fique misturada no leite e não venha à superfície. Sabia por exemplo, que a brancura do leite se deve à gordura e às partículas de proteínas? Depois disso, fica alguns segundos em altas temperaturas, para matar as bactérias, para que possa manter o leite (fechado), vários meses fora do frigorífico.

Embora algumas pessoas pensem que sim, nos dias que correm já não tem necessidade de ferver o leite. Os tempos passados onde o leite vinha diretamente da vaca, transportado em vasilhas já lá vai. Como dissemos também não precisa estar no frigorífico até ser aberto. Depois de o abrir, não deve permanecer mais que 48 horas no frigorífico.

Leite Pasteurizado

O processo de pasteurização consiste em submeter o leite a uma temperatura de 75ºC durante 15 segundos ou então a 80ºC durante 5 segundos. Quando acondicionado nos pacotes, fica com uma data de utilização máxima de 7 dias, sendo que aberto só dura dois dias.

Leite Esterilizado

Este leite é submetido a uma temperatura de 120º durante 20 minutos. Embora o leite fique esterilizado, fica também sem gosto, sendo que este tipo de leite é cada vez menos procurado.

Leite Condensado

É vendido em latas, que depois de abertas se recomenda o consumo em 24 ou 48 horas. É muito doce, como tal é usado principalmente em doces e é obtido provocando-se uma evaporação em vácuo. O açúcar ajuda também a uma maior resistência às bactérias.

Leite em Pó

O leite em pó é obtido de duas formas: por secagem a altas temperaturas ou por pulverização com spray. Estas diferenças irão também causar diferentes sabores, razão pela qual existem tantas marcas, produtos e preços diferentes. Este leite tem de ser reconstituído na proporção correta, porque valores excessivos, poderão provocar perturbações gastrointestinais, sobretudo no caso das crianças.

Leite Cru

Nos dias de hoje leite cru é um luxo, por não ser aquecido, apenas refrigerado, depois da colheita na vaca. Como seria de esperar conserva um excelente sabor, mas tem o problema da gordura à superfície, que falámos anteriormente. Este ao contrário dos outros leites deverá ser fervido.

Para os bebés o melhor leite será sempre o da mãe, tanto pela sua composição mais doce e com menos proteínas, como também por causa dos anticorpos que conferem imunidade. Um médico inglês dizia “Este leite associa o preço mais baixo à mais alta qualidade… na apresentação mais atraente”.

Fontes: G1 e livro “Conhecer os Alimentos”

Deixar um Comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz