nsdfjk Como reduzir o vício pelo telemóvel

Como reduzir o vício pelo telemóvel

Os telemóveis são uma excelente invenção, são bastante úteis e permitem que possamos falar facilmente com qualquer pessoa para qualquer lado do mundo. Mas existe um problema… As pessoas estão a usar demasiado o telemóvel, estão dependentes dele e acabam por esquecer as pessoas que estão mesmo à sua frente. Não é preciso ir muito longe para se ver uma situação assim. Quantas vezes não está um grupo de pessoas, sobretudo jovens, numa mesa de café e metade dele (eu a ser generoso) estão agarrados ao telemóvel? Chega a ser constrangedor porque se você for o pobre coitado que está sem telemóvel ao ver os outros todos não lhe ligando nenhuma o bem que tem a fazer é pegar também no seu. Parece parvo não? Sim… Mas é o mundo de hoje em dia.

O telemóvel era menos viciante à uns anos atrás. Agora são as aplicações infinitas. O fácil acesso à internet e muitas vezes sem quaisquer custos. Tudo isso contribuiu para agravar o problema. Você revê-se neste tipo de pessoa que passa o dia agarrado ao telemóvel e que não consegue sequer sair de casa sem ele? Então poderá começar por aprender como reduzir o vício pelo telemóvel com este nosso artigo. Como qualquer outro vício, se for fazendo as coisas aos poucos por certo irá atingir resultados.

reduzir o vício pelo telemóvel

O telemóvel faz-nos anti-sociais

Como já referi anteriormente o telemóvel faz-nos cada vez mais ser anti-sociais e evitar as relações cara a cara. Se a internet já o fazia, agora imaginem as duas coisas juntas. Nos dias que correm já se torna muito complicado conseguir ter uma conversa com alguém sem que o telemóvel se meta no meio. Está certo que nós somos pessoas fáceis de distrair e muito menos eu tento competir com um telemóvel cheio de aplicações e distrações porque obviamente eu teria menos interesse. Mas as pessoas precisam perceber que cada vez mais se fala através de uma máquina e cada vez menos sem ela. Não sou ninguém para falar de futuro mas se as coisas já são assim agora… Não quero imaginar como tudo será uns anos mais tarde.

Como reduzir o vício pelo telemóvel

Saiba desligar-se um pouco do telemóvel – Quando o telemóvel está a carregar ou durante a noite tente desligar-se do telemóvel ou até mesmo desligar o telemóvel! Existem pessoas que são tão agarradas ao telemóvel que não imaginam sequer passar uma noite com ele desligado. No café quando estiver com os amigos, desligue-se do telemóvel. Meta-o no bolso. Meta-o na mala. De preferência sem som e sem vibração. Tire algum tempo para falar com a pessoa com quem está, mas falar realmente! Sem distrações, sobretudo de conversas paralelas. Sabia que o vício pelo telemóvel pode até dar-lhe problemas de sono? Poderá deixá-la de tal forma agarrada que tem constantemente necessidade de verificar o que se passa no mundo online? Começar a deixar o seu telemóvel de lado só lhe fará bem. Com o tempo vai notar que não acontecem coisas importantes ou não recebe chamadas ou mensagens de 5 em 5 minutos. Logo não terá necessidade de estar sempre a verificar o telemóvel.

Diga adeus aquelas aplicações que lhe roubam todo o tempo – Uma razão pela qual os telemóveis estão cada vez mais viciantes é que existe um mercado quase infinito de aplicações para eles e que está constantemente a ser atualizado! Sabe aquele jogo que instalou no telemóvel? Já pensou quantas horas passa a jogar esse mesmo jogo? Não acha que lhe está a consumir demasiado tempo? Ou será a aplicação do facebook que está sempre ligada? Ou o facebook messenger que está constantemente a piscar? Descubra onde realmente gasta o seu tempo e comece por cortar o mal pela raiz e apagar essa aplicação. Caso não a queira apagar, desligar a internet de vez em quando poderá fazer uma grande diferença.

Não seja tão dependente do telemóvel – Hoje em dia para tudo se usa o telemóvel. Para fazer uma conta usa-se a calculadora do telemóvel. Para ver as horas usa-se o relógio do telemóvel. Para ver as estradas usa-se o GPS. Percebem o que quero dizer? Hoje em dia tudo é um pretexto para se usar o telemóvel! Prefira utilizar os meios tradicionais. Tente fazer as coisas como você fazia antes de existirem todos esses facilitismos. Quanto mais depender do telemóvel mais complicado será livrar-se do vício.

Prefira o contacto direto – Passa o dia inteiro a falar com alguém pelo facebook messenger ou por mensagem? Tem possibilidade de se encontrar com essa pessoa pessoalmente? Então porque não faz isso? Sempre que possível prefira o contacto pessoal com a pessoa. É muito mais genuíno e verdadeiro do que estar a falar por detrás de um ecrã não acha? E tire da cabeça aquele pânico que poderá ter e a necessidade de estar sempre a ver se alguém falou consigo. O telemóvel tem som por alguma razão, não precisa de estar sempre a ligar a luz do ecrã.

Volte atrás no tempo – Se quer perder o vício de vez nada melhor do que voltar atrás no tempo. Não sabe como? Arranje um telemóvel que não tenha acesso à internet e que não permita que instale aplicações. Sabe aqueles telemóveis que servem apenas para o essencial? Enviar mensagens e fazer telefonemas? Não quer dizer que mude definitivamente para um telemóvel assim, mas porque não usá-lo apenas para as suas saídas? Sim acredite que ainda vai agradecer o facto de falar mais com as pessoas.

Se quer reduzir o vício pelo telemóvel tem de tomar medidas assim e não pode pura e simplesmente pensar que consegue reduzir a sua utilização sem fazer nada. Se realmente quer perder este vício e melhorar a sua vida seguir estas dicas fará toda a diferença.

Deixar um Comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz