Como criar uma casa minimalista – o guia completo

O mundo está a mudar. Anteriormente todas as pessoas queriam ter uma grande casa e quando digo grande é mesmo grande! Várias divisões, várias salas, quem sabe cinema, ginásio e montes de coisas que com o tempo e uma vida agitada acabam por não usar. Hoje em dia já existem várias pessoas a preferir casas minimalistas e irei mostrar-lhe alguns exemplos já publicados no site no final do artigo. Não é necessário ser um especialista para se conseguir criar uma casa minimalista. Também não é necessário que a sua casa seja do tamanho de uma roulote para ser considerada minimalista. Claro que nós associamos casa minimalista aquelas casas minúsculas que costumamos ver, mas mesmo tendo uma casa grande poderá dar-lhe um aspeto mais minimalista se seguir as nossas dicas.

criar uma casa minimalista

Benefícios de uma casa minimalista

Como não quero que a lista seja muito extensa e maçadora vou apenas colocar aqueles que acredito serem os benefícios principais:

  • Um sentimento de calma – A desordem causa-nos distração. Se você sentir que a sua casa está desarrumada e com as coisas fora do sítio não conseguirá sentir-se descansada e estará em constante stress. Se por outro lado tiver tudo no seu local, menos desarrumação deitará certamente a cabeça na almofada mais descansada.
  • Uma casa apelativa e acolhedora -Por vezes menos é mais. O que para si é mais apelativo, uma casa com montes de decoração, cheia, com bastantes estátuas, quadros e afins ou uma casa que contém apenas o essencial e tem uma decoração simples e apelativa? Você pode tornar a sua casa muito mais apelativa se a tornar mais minimalista. O que acontece na maioria das nossas casas é que temos tanta coisa (sobretudo decoração) que acabamos por estragar tudo, ocupar todo o espaço e deixamos a nossa casa a “arrebentar pelas costuras”.
  • Mais fácil de limpar – O que é mais fácil de limpar, uma sala que contenha apenas o essencial ou outra que tenha uma mesa com pequenas estátuas, fotos da família, toalhas e afins? Quantos mais objetos tiver mais terá de limpar. Por outro lado se tiver apenas o essencial e pouco mais poupará bastante tempo nas limpezas.
  • Mais espaço e menos despesa – Se tiver uma casa mais pequena muito provavelmente gastará muito menos do que se tivesse uma casa enorme. Concordamos? Por outro lado e por incrível que pareça, você pode pegar na sua casa grande e conseguir ainda mais espaço caso aprenda a organizar cada divisão de outra forma. Olhe por exemplo para a imagem partilhada antes, trata-se de um bom exemplo de uma cozinha minimalista, embora não seja propriamente pequena.
  • Não perca mais coisas – Onde é mais fácil de encontrar algo perdido? Numa casa com poucas coisas ou noutra atolada delas? A resposta é simples… Se tiver uma casa minimalista se perder alguma coisa será bastante fácil de encontrar, se esta se manter organizada e arrumada, caso contrário não aproveitará o facto de ter poucas coisas.

casa minimalista

Como é uma casa minimalista?

Você pode tornar a sua casa numa casa minimalista, mesmo que esta seja grande. Existem casas grandes e casas pequenas. Existe quem goste de ser minimalista ao extremo e encontramos exemplos como esta moradia minimalista portuguesa ou até esta casa construída num reboque. Os gostos variam, mas existem algumas características comuns nas várias casas minimalistas:

  • Pouca mobília – Estamos a falar de ter o essencial a cada divisão e nada mais. Porque razão quer você uma prateleira se for colocar nela apenas artigos de decoração? Qual é a utilidade disso? Ocupar espaço? Numa sala por exemplo você só vai precisar de um sofá, uma ou duas cadeiras (espécie sofá), uma mesa pequena e um sistema para colocar a televisão, um candeeiro (para criar ambiente) e pouco mais. Será que precisa mesmo daqueles armários gigantes para tudo e mais alguma coisa? No quarto o que precisa? Uma cama ou até apenas o colchão, dependerá do sistema que tenha, um armário para a roupa, uma mesa de cabeceira, talvez uma cadeira e algo para arrumar livros. Se tiver sempre o mínimo economizará bastante espaço e deixará tudo mais simples.
  • Pouca decoração – Como disse anteriormente existem pessoas que compram armários ou prateleiras apenas para lá colocarem decoração e não propriamente porque necessitam! Isso na minha opinião não faz muito sentido, ao menos que não dispense a decoração por nada deste mundo. A organização numa casa minimalista é tudo, quanto menos coisas tiver mais fácil é de as manter organizadas.
  • Menos pode ser mais – Claro que não tem de ter a sua casa completamente vazia. Não tem de levar as coisas ao extremo, até porque se tornaria num espaço aborrecido. Opte é por usar menos. Em vez de ter a mesinha da sala com uma toalha, um vazo, um cinzeiro e ainda flores, opte apenas pelas flores ou uma fotografia da família. Em relação às paredes, pode optar por um quadro ou até um daqueles autocolantes de parede que ficam fabulosos.
  • Qualidade acima da quantidade – Em vez de ter uma data de tralha que não usa é muito melhor ter menos coisas mas de maior qualidade e que use mais frequentemente! Uma boa mesa de sala é bastante melhor do que 5 prateleiras baratas e aí por diante. Claro que isto é uma sugestão mas é algo que pode e deve apostar.

casa minimalista contentor

Como criar uma casa minimalista

Depois de tudo o que enumerámos atrás torna-se mais fácil perceber como criar uma casa minimalista. Claro que nem todo o mundo gosta de casas minimalistas e para esses este artigo provavelmente nem é interessante, para os restantes estes são os passos a seguir para o conseguirem:

  • Uma divisão de cada vez – Você não conseguirá mudar tudo de uma vez, só se estivar a mudar-se agora para a sua nova casa. Para conseguir deixar a sua casa no estilo mais minimalista o melhor que poderá fazer é levar uma divisão de cada vez. Comece por uma divisão e se gostar do resultado comece a inspirar-se para as seguintes.
  • Comece pelos móveis – O que é a coisa maior que terá em cada divisão? Certamente os móveis! Então deverá ser por aí que deve começar. Quanto menos mobília melhor, isto é, ter apenas o necessário e pouco mais. Pense em qual mobília pode ser retirada sem que sacrifique o conforto e a vivência. Olhe para as coisas e diga sinceramente se estas são indispensáveis. Caso não sejam tire fora.
  • Passe à decoração – Mantenha a sua decoração o mais simples possível. Se tem uma mesa na sua sala não precisa de ter nela 5 ou 6 itens, apenas um ficará muito bem. O mesmo para a restante mobília.
  • Limpe as paredes – Existem pessoas que têm a casa cheia de quadros! Não queremos dizer que não possa ter um quadro, papel de parede, adesivo ou qualquer outra coisa, mas nada de exagerar!
  • Guarde as coisas fora de vista – Se quer passar uma imagem de simplicidade, organização e tudo mais, não pode pura e simplesmente guardar livros, dvd’s ou qualquer outra coisa em qualquer lado. Use os lugares apropriados para tal ou gavetas para manter tudo fora de vista e dar o ar de que tudo está organizado como pertence.
  • Detalhes – Nas cortinas opte por algo simples e sem flores e coisas do género. O mesmo se aplica à cortina da casa de banho, aos lençóis da cama, etc. Os padrões geralmente desviam a atenção das pessoas e o que queremos e que tudo pareça uniforme.
  • Armazenamento – Saiba onde guardar as suas coisas e de preferência perto da zona onde serão usadas. Guarde as mesmas coisas sempre no mesmo sítio para evitar que se confunda. Uma casa organizada, mesmo que pequena, valerá sempre por duas!

Caso precise aqui fica alguma inspiração:

Deixar um Comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz